Curiosidades

A história da telecomunicação no Brasil

7 de março de 2018
A história da telecomunicação no Brasil - Seanet
Smartphone, internet das coisas, sites, blogs, jogos online, site de compras, Facebook, e-mail, WhatsApp… Todos estes termos, que hoje são tão comuns para nós, causariam boas risadas e descrença alguns anos atrás.

 

A história da telecomunicação teve seu início com a invenção do telefone.O aparelho revolucionou um mundo que até então se comunicava somente por meio da fala e da escrita, isso em meados de 1875.

Em uma exposição realizada nos Estados Unidos, o nosso então imperador Dom Pedro II conhece o telefone, no ano de 1876.

O Palácio de São Cristóvão, até então palácio imperial, é o primeiro a receber o aparelho no Brasil,pois Dom Pedro II ficou tão entusiasmado com a invenção que logo quis ter um telefone para si. As linhas telefônicas interligavam o palácio de Dom Pedro II com a casa de seus ministros, em 1877.

Telefone era um artigo de luxo naquela época e a sua popularização só poderia acontecer se a população tivesse acesso ao aparelho. Alguns empresários americanos conseguem então a concessão para a instalação de uma rede telefônica no Brasil, e Dom Pedro II decreta a criação da primeira empresa de telefonia brasileira: a TelephoneCompanyofBrazilem em 1879.

Ainda artigo de luxo, o telefone estava disponível apenas para uma parte da população, porém o funcionamento daquele aparelho tão inovador era ainda desconhecido.Logo, a primeira lista telefônica publicada no Brasil era também um manual de instruções, isso em 1881.

Como você já deve saber, as ligações até então não poderiam ser realizadas diretamente. Era necessário que alguém realizasse a conexão entre as duas linhas telefônicas, o que deu origem a profissão de telefonista, em meados de 1890.

Assim como os smartphones estão em constante mudança nos dias atuais, naquela época não era diferente, os aparelhos de telefone mudavam e se aperfeiçoavam em sua estética e composição, garantindo cada vez mais segurança e conforto para os consumidores, principalmente a partir de 1906.

telefone velho

Em 1935 surge a telefonia pública, popularizando ainda mais o serviço de telecomunicação e aproximando ainda mais as pessoas.

Com o advento da segunda guerra mundial, muitos países começaram a investir em tecnologias. É nesse período que surge o primeiro computador e o primeiro telefone celular, entre 1945 e 1946.

Após as conturbações geradas pela guerra, há um período de calmaria e exploração de recursos criados para melhorar o bem-estar da população e aproximar ainda mais as pessoas, o que faz surgir o DDD, conectando linhas telefônicas cada vez mais distantes em 1958.

Novamente por conta da guerra fria, os americanos aperfeiçoam os serviços de telecomunicações, interligando suas bases militares e centros de pesquisa por meio de uma rede de computadores.Esse seria o pontapé inicial para a criação da internet, em 1969.

O e-mail surge logo depois, quando o engenheiro Ray Tomlinson envia sua primeira mensagem por meio de um programa de computador e decide então separar o nome da pessoa e o nome do computador pelo símbolo @, em 1971.

Aqui no Brasil, os orelhões foram se popularizando cada vez mais e tomaram conta das ruas das grandes cidades, em 1972.

orelhao

Ela chegou! Em 1986 é oficialmente criada a nossa querida internet, com o intuito de conectar pesquisas e incentivar a educação científica no mundo.

No início, ela era utilizada de forma muito diferente, não existiam páginas de conteúdo, por exemplo. Esse modelo nasceu posteriormente, com a criação do WWW em 1989.

Voltando um pouquinho na telefonia, no ano de 1992 o cartão telefônico surge como uma alternativa à ficha (invenção 100% brasileira!).Além disso, começa a disseminação de um aparelho multifuncional que integra voz, texto e mensagem, o famoso e já aposentado FAX.

Alguns anos depois a internet comercial chega ao Brasil, tida como uma tecnologia de ponta e com pouco usuários. Os primeiros provedores de internet surgem e a internet discada é a dominante entre os usuários no ano de 1995.

Como tudo era muito novo nessa época, não havia legislação para o uso da internet.Com a modernização do mercado de telecomunicações, em 1997 surge a Lei nº 9.472.

Entre 2000 e 2010, muitos avanços permitiram o aperfeiçoamento dos serviços de telecomunicações no Brasil: a chegada do GSM, a popularização de telefone celulares –  que possibilitaram e inspiraram a criação de smartphones -, o surgimento das redes sociais como Orkut e Facebook -o que mudou completamente o modo das pessoas se relacionarem –  e o surgimento de novas tecnologias como o Kinect, as impressoras 3D e a realidade virtual.

Entre 2010 e hoje a pauta está sobre o comércio eletrônico, os relacionamentos digitais e a expansão cada vez maior da internet com velocidades e efetividade cada vez maiores.

Hoje debatemos o uso da internet e das telecomunicações para o uso sustentável, que abarque a melhora da qualidade de vida das pessoas, proporcione inclusão, diminua a desigualdade e, acima de tudo, seja democrática com todos os seus usuários. Hoje nós falamos na Internet das coisas, onde itens do dia a dia estão conectados coletando informações e realizando ações que facilitam o nosso cotidiano.

Fonte: http://museudastelecomunicacoes.org.br